Presença Global

Plataforma Disponível 24/7

+56 2 2405 4555

evalart@evalart.com

Como Construir uma Equipe de Desenvolvimento Bem Sucedida

Share with:


Caso seja um gerente de desenvolvimento ou um gerente de TI e tem a missão de montar uma equipe de desenvolvimento, a primeira coisa que gostaria de lhe dizer é que existe uma grande oportunidade uma vez que nem sempre é possível construir uma equipe a partir do zero. Ter sucesso nas suas escolhas pode tornar o seu trabalho mais fácil durante muitos anos. Um mentor me disse há algumas décadas que o trabalho de gerente de sistemas era o mais fácil do mundo… Se tiver a equipe certa.

 

Nesse post, vou me referir especificamente a uma área de desenvolvimento, pensando em uma equipe que terá de desenvolver softwares continuamente em vários projetos (e não para um em particular, onde, embora as recomendações sejam quase as mesmas, pode haver algumas diferenças).

 

Dica número um: mantenha a sua equipe de desenvolvimento pequena.

Grande é um conceito relativo, mas a questão é que é muito melhor contratar algumas pessoas muito boas do que muitas pessoas medianas. A verdade é que, apesar das metodologias e estruturas, ainda há muita arte em informática e, portanto, é preciso pessoas muito talentosas, não um exército. Criar um grande software é mais como fazer uma grande obra de arte do que construir um arranha-céu (mesmo que tendemos em acreditar no contrário). Portanto, tente montar uma equipe reduzida que possa trabalhar bem, com pessoas mais competentes.

 

Dica número dois: cuidado com as Estrelas do Rock

Se estiver à procura de uma equipe, certifique-se de ter pessoas muito boas, mesmo “Rock Stars”, mas certifique-se de que, elas trabalharão bem como uma equipe. Uma equipe onde todos são “Rock Star” pode gerar algumas complicações uma vez que nem todo o trabalho será sempre inovador e interessante para que candidatos tão talentosos se sintam motivados e estimulados, e sobretudo se tiver diversos talentos trabalhando no mesmo problema elas podem ficar presas a defender a posição individual e não chegar a ideia de qual é a melhor solução. Uma equipe também exige que as pessoas façam o trabalho, independentemente de ser tedioso ou mecânico. Isto não quer dizer que uma equipe não possa ser constituída toda por “Rock Stars”, as maiores realizações por vezes só são possíveis com tais equipes, mas é preciso ter a certeza de que trabalharão bem em conjunto e que o trabalho é organizado para que cada uma possa brilhar na sua área e que compartilhem suas metas, visão, e que todos eles busquem atingir o mesmo grande objetivo.

 

Dica número três: Procure a diversidade na sua equipe.

Além de procurar pessoas que conhecem uma ou outra tecnologia para abranger todos os conjuntos de competências necessários, devem ser levados em consideração outros fatores. Alguns criadores são bons para o backend; outros são bons para o front end. Alguns fazem interfaces de usuário “dreamy”; outros fazem processos pesados cheios de lógica complexa. Há programadores criativos e inovadores, e há aqueles que gostam do convencional. A variedade vai ainda mais longe; procurem pessoas com diferentes culturas e experiências; que possam trazer ideias e soluções diversas. Procurem diversidade na antiguidade, raça, gênero, etc. É claro, evite “quebrar barreiras”. Por exemplo, é bom ter mulheres e idosos e pessoas de outro país na equipe, mas provavelmente uma equipe com três jovens mulheres chinesas e três homens locais mais velhos vai acabar em duas equipes distintas. Idealmente, deveria haver diversidade, mas não deveria criar lacunas entre dois subgrupos devido à estreita afinidade entre os membros dos subgrupos e pouco entre eles.

 

Dica número quatro: Avalie bem antes de contratar

Se houver um erro, já vi muitas vezes ao tentar construir uma equipe rapidamente levar a escolher a partir de um pool limitado. A pressão de encontrar desenvolvedores para a equipe é elevada; os prazos expiram, e acaba contratando a primeira pessoa que aparece para se ter uma equipa completa. Não sucumba a esta tentação; dedique todos os recursos e energia que puder para encontrar e avaliar a sua futura equipe de programadores. Esta equipe pode ficar com você durante anos, por isso não há nenhum esforço que não valha a pena para obter o melhor. Faça uma criteriosa avaliação para verificar se são bons desenvolvedores, e certifique-se de que são bons programadores competentes. Os testes de programação da Evalart podem ajudá-lo a avaliar e confirmar que os programadores que está trazendo para a sua equipe são os melhores que existem. Este post contém dicas específicas para o processo de seletivo: 5 Dicas para o Recrutamento dos melhores programadores.

 

Dica número cinco: Seja claro sobre a cultura da equipe que deseja e procure isso.

Tenho visto que as melhores equipes de desenvolvimento tendem a compartilhar uma mística, uma cultura de trabalho onde há busca por excelência e os resultados para se orgulhar, onde o trabalho em equipe é valorizado e a capacidade de cada um é respeitada. Uma cultura em que os erros não são punidos, mas sim aprendidos com eles (formalmente). Onde os benefícios das conquistas também chegam aos membros da equipe e onde eles se sentem valorizados. Onde há um senso de propriedade e orgulho no que se faz. Tente montar sua equipe com pessoas que se enquadrem e contribuam para a cultura que deseja, e desde a primeira entrevista, faça esses valores estarem claros.